Resenhas

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

[RESENHA] 'ÁLBUM DE CASAMENTO", DE NORA ROBERTS

Nome: Álbum de Casamento
Autora: Nora Roberts
Série: Quarteto de Noivas #01
Editora: Arqueiro
Onde ComprarBuscapé
Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida.

Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora.

Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida.

Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito.

Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme.

Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.


Resenhas | Série “Quarteto de Noivas”


   


Mackensie Elliot tem a vida quase perfeita, aquela que toda garota deseja: um emprego que tem tudo a ver com ela e no qual é profissional, três melhores amigas com quem mora junto e tem uma empresa e, além de ser ruiva, tem um guarda roupa de fazer inveja. Ela trabalha como fotógrafa da Votos, uma empresa formada por ela com Parker, Emma e Laurel, focada em realizar o casamento dos sonhos de cada noiva. As quatro, que são amigas desde crianças, uniram suas vocações e profissões para fazerem aquilo que mais gostavam de brincar: de casamento. Emma é a florista, Laurel a confeiteira, Mac a fotógrafa e Parker a responsável por unir todas as tarefas das outras e organizar o funcionamento de tudo. Para facilitar a comunicação e não deixar Parker sozinha, as outras três decidem ir morar na Mansão Brown depois que os pais de Parker e Del morrem, instalando ali também a sede da empresa e o local onde realizam os casamentos.

Com uma mãe controladora e abusiva e um pai ausente, Mac faz das amigas uma família para si, e depois de todo sofrimento causado pelo relacionamento conturbado com seus pais e pelos escândalos em que foram envolvidos, ela se fecha emocionalmente para relacionamentos amorosos. Supondo que no fim todos eles resultarão em fracasso ela não permite que ninguém se aproxime, e vive como se não precisasse de amor, apenas de suas amigas e sua câmera. Porém, ela vê tudo mudar ao trombar com Carter Maguire em sua casa. Carter foi colega de escola de Del e desde sempre teve uma quedinha secreta por Mac, e por ser muito tímido não teve coragem de chamá-la para sair quando eram jovens. Ao vê-lo, Mac se surpreende com a caixinha de surpresas que Carter é, um homem bom, calmo e fofo que desperta nela vontades estranhas, como ter um relacionamento sério com alguém.
" Mac parou à porta do estúdio, voltando-se de novo para ele.
- Que dia! Conseguiu aguentar firme, professor.
- Teve uns momentos interessantes. Ah, e Sherry vai ficar com o pacote número três, com coquetel.
- Boa escolha. Obrigada pelo passeio. E por me ouvir.
- Gosto de caminhar. - Ele tirou as mãos dos bolsos, apesar de não saber bem o que fazer com elas. - É melhor eu ir embora porque dirigir na neve é meio difícil. E... amanhã tem aula.
- Amanhã tem aula - repetiu ela e sorriu.
Em seguida, pôs as mãos, aquecidas pelos bolsos, no rosto de Carter e encostou os lábios nos dele, dando-lhe um beijo leve, amistoso, quase fraternal.
Ele reagiu sem pensar. Pegou-a pelos ombros, puxou-a para si e, encostando-a na porta, transformou aquele simples roçar de lábios num beijo longo e intenso.
O que imaginara aos 17 anos tornou-se realidade aos 30. O gosto dela, a sensação. Aquele instante de lábios e língua, e o sangue esquentando. No silêncio da neve caindo, na quietude essencial, o som da respiração entrecortada dela irrompeu em sua mente como um trovão.
Uma tempestade se formava."
Não tenho como descrever o quanto amo esse livro. É diferente de tudo que já li, e mesmo lendo 817291271 mil vezes, ainda consigo me emocionar. Parece coisa de gente trouxa, eu sei, mas Nora Roberts sabe tocar o lugar certo no meu coração. Carter, apesar do livro ser a história da Mac, é o personagem que eu mais amo, e com quem queria parecer. Ele luta pelo amor que sente e de uma forma tão simples mostra que "o verdadeiro amor lança fora todo medo". Mac, com sua personalidade forte e cicatrizes internas, me ajudou a entender melhor um pouco do que se passa dentro de mim, e a deixar meus medos irem ao dar uma chance ao amor. As amigas Parker, Emma e Laurel só me fizeram sentir uma vontade doida de ter amigas assim, com quem se compartilha tudo.

Com uma narrativa que intercala os dois personagens principais, a autora expõe as opiniões e visões sobre outros de forma clara e interessante, o que permite ao leitor a visualização completa da história e melhor compreensão sobre os outros personagens. Ao nos mostrar um pouco sobre eles, Nora nos instiga a ler os próximos livros, e nos faz apaixonar pelo quarteto facilmente. É uma história simples, porém encantadora; sem muitas reviravoltas e acontecimentos bombásticos, mas única.

Aparenta ser o velho clichê de "o cara gostava da menina desde sempre - e não tinha coragem para se aproximar - cresceu, ficou lindo, corajoso e consegue a garota" mas não senti isso ao ler, então dê uma chance. Me surpreendi ao me identificar com os dois em aspectos tão diferentes e em acreditar um pouco nessa fantasia de menina boba de que um dia, quem sabe, uma coisa boa assim não acontece comigo. Quanto a editora só tenho elogios, tradução impecável (percebi ao ler em inglês e depois em português) e capa linda.
 " Vida, pensou.
Porque ela era a bagunça em pessoa, admitiu. Porque a vida também era. Porque o casaco de Carter estava pendurado junto com os dela. Que importância tem isso? Meias são perdidas, lençóis ficam embolados. A mãe era uma egoísta e o pai não estava nem aí.

E às vezes neva no dia dos ensaios de casamento.

O que foi mesmo que a Parker tinha dito?

Há coisas na vida que escapam ao nosso controle. Podemos fazer disso uma festa ou uma tragédia.

Ora, pensou Mac, você podia se recusar a dar o passo seguinte. Podia se recusar a ficar com o que mais quer só porque tem medo de vir a perder isso um dia..

Desceu a escada correndo, pegou a foto.

- Ele simplesmente apareceu - disse baixinho, observando o ar de ambos ali juntos, naquela moldura.- Ele simplesmente apareceu na minha vida e tudo mudou.

Ergueu os olhos, viu a foto das três garotinhas sob uma abóbada de rosas brancas. E uma borboleta azul pousada num raminho de dentes-de-leão.

Exalou e o ar saiu com tanta força que ela levou a mão ao coração. É claro. É claro. Estava tudo tão claro. Bastava ter olhado ali.

- Ah meu Deus. O que estou esperando?"
Espero que ame não só esse, mas os próximos três livros também, então fique ligado que as resenhas deles daqui a pouco estão aqui. E não se esqueça de olhar a tag  "Melhores Séries", onde mostro minhas séries favoritas da Editora Arqueiro. O próximo volume do "Quarteto de Noivas" é "Mar de Rosas", que conta a história da Emma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO

O blog Paixonites Literárias não incentiva o download ilegal de livros. Por favor, peço para que não utilizem esse espaço de comentários para solicitar ou fornecer livros e/ou sites para download. Comentários dessa espécie serão excluídos.