Resenhas

terça-feira, 9 de maio de 2017

[RESENHA] "TUDO E TODAS AS COISAS", DE NICOLA YOON

Nome: Tudo e Todas as Coisas
Autora: Nicola Yoon
Editora: Novo Conceito
Onde comprar: Buscapé
Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa nunca sai em toda minha vida. As únicas pessoas com quem convivo são minha mãe e minha enfermeira, Carla.

Eu estava acostuma com minha vida até o dia que ele chegou. Pela janela olho para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano.

Ele me pega observando-o e me encara. Encaro-o também. Descubro depois que seu nome é Olly.

Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.


Imagina se você fosse alérgica ao mundo? E se coisas simples, como caminhar à beira da praia ou tocar alguém fossem expressamente proibidos?

Madeline sempre viveu em seu quarto branco, cercada entre seus livros, tendo por companhia apenas sua mãe e a enfermeira. Até que um dia, ao olhar pela janela, ela conheceu Olly, que a fez desejar ter a sua volta Tudo e Todas as Coisas.


A História


Madelaine Whittier possui uma doença rara, um tipo de Imunodeficiência Combinada Grave que faz com que ela tenha alergia a qualquer coisa.
“Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode deflagrar um ataque de doenças. [...] Ninguém sabe o que dá início ao processo, mas todos conhecem as consequências. De acordo com a minha mãe, eu quase morri quando era criança. E assim eu fiquei no limbo da IDCG. Eu não saio de casa, nunca saí [...]”
Prestes a completar dezoito anos, ela não sabe como é o mundo além das paredes de sua casa. Durante todo esse tempo Maddie viveu confinada em seu lar, mantendo contato apenas com a mãe e sua enfermeira Carla. Embora não estivesse feliz, ela estava conformada com seu modo de viver, até conhecer Oliver, o novo vizinho.

Depois de uma troca de olhares pela janela, o interesse é mútuo. Eles então começam a se comunicar por bilhetes e mensagens de texto, até o grande encontro pessoalmente. A mãe de Madelaine é muito rígida em relação a visitantes, mas a garota conta com a ajuda de Carla para receber Oliver em sua casa.

Conforme os dias passam e o contato aumenta, uma paixão floresce entre os jovens. Esse sentimento é algo novo para Maddie, que começa a querer mais e mais da vida. Ela sabe da fragilidade de sua saúde e dos perigos que corre se sair para o mundo, mas ficar trancada dentro de casa e longe do garoto por quem está apaixonada já não é o suficiente.
“Eu era feliz antes de conhecê-lo. Mas agora estou viva. São coisas diferentes.”
Decidida a aproveitar um pouco do que a vida tem a oferecer, Madelaine arrisca tudo na companhia de Oliver, um garoto que também tem problemas dos quais quer esquecer.

Personagens


Madelaine cresceu em uma bolha de proteção sob os cuidados da mãe, com quem tem uma relação muito próxima, e de Carla, a enfermeira que também é uma grande amiga. Ela nunca foi de dar trabalho, mas seu relacionamento com Oliver faz com que ela queira mais do nunca sair de casa e viver como uma pessoa normal. Esses desejos vão levá-la a atitudes perigosas.
”Se a minha vida fosse um livro e eu o lesse de trás para frente, nada mudaria. Hoje é o mesmo que ontem. Amanhã será o mesmo que hoje. No Livro de Maddy, todos os capítulos seriam o mesmo. Até Olly aparecer.”
Com uma família problemática, Oliver tenta sobreviver ao caos em casa. Inteligente e fofo, ele corresponde a paixão de Madelaine e procura protegê-la das próprias decisões arriscadas – o que a leva a contar algumas mentiras para que ele não se preocupe tanto com sua saúde.

Há muitos anos a mãe de Madelaine perdeu o marido e o filho em um acidente de carro, desde então ela procura dedicar a vida a cuidar filha. Elas sempre foram boas amigas, mas a chegada de Oliver cria segredos que separa mãe e filha, uma vez que Maddie sabe que sua rigorosa mãe não aprovaria a relação dos dois.
“Pela primeira vez em muito tempo, desejo mais que aquilo que tenho.”
Carla é a enfermeira e também melhor amiga de Maddie. Ela teme que a garota acabe com o coração partido, mas seu medo não a impede de ajudar Oliver e Madelaine a se verem pessoalmente às escondidas.

Minha opinião


Um garoto bonito, uma garota com uma condição delicada e o relacionamento quase que proibido entre eles. “Tudo e Todas as Coisas” repete uma fórmula já vista em muitos outros romances juvenis e eu, que tenho um fraco por romances fofos e clichês, soube desde o início que iria gostar da história. Isso poderia me tornar suspeita ao dizer “eu recomendo a leitura”, mas esse livro da Nicola Yoon é muito mais do que a relação entre dois jovens adolescentes.
“- Você não está viva se não tiver arrependimentos.”
A trama vai além do romance e aborda questões familiares. De um lado temos uma mãe que se sacrifica tanto para criar a filha, que chega a sufocá-la com os cuidados e do outro temos um garoto que tem que lidar com o pai alcoólico que maltrata a família. São duas situações opostas, mas que despertam sentimentos semelhantes nos personagens principais, que acabam encontrando conforto na companhia um do outro.

Com uma escrita leve e fluída, “Tudo e Todas as Coisas” consegue envolver e encantar o leitor. Uma vez que você dá início à leitura, a história te chama para dentro das páginas em um convite tentador para conhecer e acompanhar Madelaine em sua descoberta até mesmo pelas coisas mais simples.
“Talvez seja a culpa por estar sendo egoísta, por querer estar com o Olly até mesmo agora. A cada momento que eu passo com ele, aprendo algo novo. Eu me torno uma pessoa nova.”
Nem todos os personagens ganharam o destaque que mereciam, mas cada um teve espaço o suficiente para conhecermos um pouco de sua história. Alguns são cativantes e nos conquistam logo de cara, enquanto outros não agradam tanto e precisam de tempo para que o leitor o conheça e entenda suas ações.

Falando sobre a edição, a Novo Conceito não me decepcionou. Assim como outros livros do catálogo da editora, este também possui diagramação e revisão dignos de elogios. Adorei os detalhes dentro do livro, que incluem trechos que imitam mensagens de texto, bilhetes e resenhas.

O desfecho não foi o que eu esperava e desejava, mas ainda assim foi satisfatório. “Tudo e Todas as Coisas” é um livro apaixonante que deixa no leitor um sentimento de leveza e uma vontade de explorar as coisas mais simples da vida ou o desejo de jogar tudo para o alto e viajar para um lugar qualquer. É uma leitora que eu super recomendo.
“Algumas coisas, precisamos experimentar por nós mesmos.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO

O blog Paixonites Literárias não incentiva o download ilegal de livros. Por favor, peço para que não utilizem esse espaço de comentários para solicitar ou fornecer livros e/ou sites para download. Comentários dessa espécie serão excluídos.