Resenhas

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

[RESENHA] "UM GOSTO DE ESPERANÇA", DE SUSAN MALLERY

Nome: Um Gosto de Esperança
Autora: Susan Mallery
Série: As Irmãs Keyes #03
Editora: Harlequin
Onde ComprarBuscapé
Jesse Keyes finalmente cresceu de verdade… Com um emprego fixo e mãe de um garotinho super agitado, ela agora está em uma posição muito melhor do que 5 anos atrás, quando saiu de Seattle grávida e incompreendida por quase todas as pessoas que conhecia.

Mas havia chegado a hora de voltar para casa e enfrentar seus medos e culpas. Só que suas irmãs,Claire e Nicole, não parecem muito confiantes em relação à nova Jesse, adulta e responsável. Ainda por cima Matt, o pai de Gabe, deixa claro que não tem a menor intenção de vê-la novamente, apesar do forte desejo que ainda sentem quando estão próximos.

Jesse está confusa, não sabe se poderá consertar os erros cometidos. Por outro lado, percebe que ainda é possível reconquistar Matt. E esse é todo o incentivo de que precisa para se animar outra vez!


Resenhas | Série “As Irmãs Keyes”


  


Jesse finalmente conseguiu estabilidade na vida. Há cinco anos atrás, ela havia causado a gota d'agua para a destruição de seu relacionamento com sua irmã Nicole, após ter sido flagrada de forma suspeita com o cunhado. Ninguém queria ouvir seus motivos ou explicações, visto que seu passado não lhe fornecia muita credibilidade. Como se não bastasse ela estava grávida, o que só deixava tudo mais bagunçado. E o pior de tudo foi que, na única vez em que ela realmente não desejou fazer nada errado, ela perdeu tudo o que tinha, incluindo seu grande amor. Matt havia conhecido Jesse após uma das situações mais constrangedoras da vida e ao começarem a se conhecer foram se tornando amigos. Foi irresistível para ele as mudanças que Jesse causou em sua vida, e se apaixonar foi inevitável. Pronto para assumir um compromisso de vida com ela, Matt tem seu coração arrancado ao descobrir que Jesse havia traído tudo o que eles haviam construído juntos, e se recusa a acreditar que aquele bebê que ela alega ter é seu filho. Sendo assim, ela parte de Seattle e decide fazer o seu melhor pelo bebê que ia nascer.

Agora Jesse é outra pessoa. Mãe do pequeno e alegre Gabe, ela trabalha, estuda e cria muito bem seu filho. Porém Gabe começa a perceber que todos os seus amiguinhos tem um pai menos ele, e começa a questionar Jesse. Ela decide então voltar para Seattle, tentar consertar as coisas com Nicole, se aproximar de Claire e apresentar Gabe à Matt. Quando Matt encontra Jesse novamente, não consegue negar que ainda se sentia atraído, mas após ter percebido o tempo perdido com seu filho e ao relembrar á traição de Jesse ele desejava apenas uma coisa: se vingar. Entretanto, a forma com que ele escolheu fazer isso pode ser um jogo arriscado, e Jesse nem imagina que Matt não deseja apenas entrar na vida de Gabe e ser um pai presente, mas sim tirar o filho dela. Mesmo sabendo que seria difícil, ela decide tentar conquistar a família de volta e provar à todos que finalmente amadureceu.
"- Talvez não - murmurou Jesse. - Se alugarmos a cozinha e começarmos a vender pela internet, ainda posso ter uma chance.

 - De se provar? - perguntou Matt, saindo com o carro da rua tranquila.

 - Ahã. - Jesse se recostou no assento e fechou os olhos. - Dei a mim mesma seis meses para fazer dar certo. Esse incêndio tinha que ser agora? Não poderia ter sido daqui a um ano?

 - Não é pessoal, Jesse. É só uma dessas coisas que acontecem.

 - Mas sinto como se fosse pessoal. O fogo me odeia. - Ela estava começando a relaxar o corpo. - Nicole ainda me odeia, mas Claire conseguiu convencê-la a experimentar algumas ideias minhas.

 - Sua irmã não a odeia.

 - Até parece! Como se você pudesse falar. Ainda me odeia também.

 - Não, eu não odeio você.
 - Está furioso. Sei que está. Mas está se esforçando com Gabe e ele é o que mais importa para mim.
- Porque você o ama?
 - Porque ele é meu filho. Eu morreria por ele.
 O carro parou. Jesse abriu os olhos para ver se já estavam na casa de Matt, mas haviam apenas parado em um sinal de trânsito. Ela relanceou os olhos para ele e o pegou encarando-a.
 - O que foi? - perguntou Jesse.
 - Você não é o que eu esperava.
 - Você não esperava por mim. Sou uma surpresa.
 - De mais maneiras do que pode imaginar."
Dos três livros da série, esse é o que mais gosto. Acredito que seja porque Jesse é a personagem mais humana e real que já li. Ela passou por momentos difíceis quando criança, sem pai e mãe presentes, apenas Nicole. E quando conheceu Matt, soube que ele era alguém especial. Mas às vezes coisas ruins acontecem, fogem do plano que traçamos, quebramos tudo e acabamos perdendo as pessoas mais importantes para nós. Jesse me mostrou ser possível consertar as coisas, por pior que tenham sido as causas. Matt me ensinou que não ouvir os outros e acreditar em nossas emoções é uma das piores escolhas que podemos tomar. Guardar sentimentos negativos ou mágoas muito tempo só nós ajudam a tomar decisões estúpidas. Eu sempre fui assim, de guardar meus sentimentos e fingir que nada me afetou. Ao ouvir sua dor, Matt quase perdeu tudo que tinha de mais importante: a família.

Amei este livro, amei a série. É uma história simples de uma família que passou por momentos difíceis mas que juntos encontraram uma solução. Podemos acompanhar cada uma das irmãs nos livros, e ver seus progressos e avanços, principalmente o de Jesse. Por esse motivo, recomendo ler na ordem, pois assim tudo fará mais sentido mas caso prefira fazer como eu e ler fora de ordem, esteja ciente de que haverá spoilers. Indico para quem gosta de uma leitura rápida, sem muitos acontecimentos mirabolantes, mas com uma narrativa envolvente e cativante. Capa e revisão perfeitos, editora fez um ótimo trabalho. Espero que gostem!

2 comentários:

  1. Olá! Não conhecia o livro, mas é bem do gênero que eu gosto ^^ Quando tiver uma oportunidade com certeza vou ler ^^

    Bjs Joi Cardoso
    estantediagonal.com.br

    ResponderExcluir