Resenhas

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

[RESENHA] "LOUCA POR VOCÊ", DE A.C. MEYER

Nome: Louca Por Você
Autora: A.C. Meyer
Série: After Dark #01
Editora: Universo dos Livros
Onde ComprarBuscapé
Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher.

Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema.

Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha.

Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?


Resenhas | Série “After Dark”


  


Julie está naquele momento da vida em que chegamos à decisão: "se eu quero algo, então eu vou conseguir". E seu objetivo no momento era deixar de ser apenas uma irmã para Danny. Como seus pais morreram cedo ela fora praticamente adotada por Mary e Paul, vizinhos e amigos dos pais de Julie. Sendo assim, foi criada pelos dois junto com os filhos do casal, Daniel e Johanna. Devido a essa proximidade, Julie e Jo sempre foram muito amigas, o que fez com que depois de anos elas e George, o melhor amigo gay do mundo, se tornassem amigos inseparáveis. Desde jovem Julie demonstrava talento para cantar, e seu sonho sempre fora compartilhar esse dom com o mundo.

Porém Daniel está sempre querendo controlar Julie e não a deixa cantar na boate que ele e seus três amigos gerenciam, a After Dark. Junto com Zach e Rafe, Daniel conseguiu abir uma das boates mais frequentadas de Los Angeles. Devido a sua beleza e profissão, mulheres dispostas não faltam para Danny, e como ele não deseja tão cedo se amarrar, vai curtindo a vida sem se preocupar com nada. Desde novo ele tinha uma queda por Julie, mas se sentia culpado por desejá-la por terem sido criados juntos.Assim, Daniel sempre se mantinha distante e o tratamento intensivo de "irmão mais velho"com Julie.

Só que Julie estava decidida em mudar com Daniel e junto com George e Jo traça um plano para conquistá-lo de vez. E qual a melhor forma de atrair a atenção de um cara ciumento do que fazer ciúmes? Ela pede que Alan, cantor de uma banda que tocava na boate, finja ser seu namorado para que Daniel perceba o que vem perdendo. Julie também dá um "tapa no visu" para sair dessa fase de "eterna irmã caçula" de Daniel.

Quando DannyJulie, sua garotinha, com roupas sensuais em cima do palco, cantando com aquela voz sexy e ainda por cima de pegação com o cara mais safado do mundo dos vocalistas, ele simplesmente surta. E é nesse momento que ele precisa decidir o que realmente sente por Julie. Já Julie percebe que a vida não era meticulosamente organizada quanto seus planos, e se questiona se Daniel está preparado e decidido a viver o "felizes para sempre" ao seu lado.

" Daniel
   - Você está aborrecido por ela cantar ou pelo vestido curto? Ela é uma mulher linda, Daniel. Merece usar roupas que a valorizem. Julie não é mais uma menina. - quando ouço George falar isso, lembro mais uma vez do que senti quando entrei no bar e a vi. Eu não sei o que me aborrece mais: ela estar cantando, a roupa curta ou a reação que eu tive.
   Vejo um movimento à minha frente, e Rafe está indo até o palco anunciar o intervalo. A banda vai saindo, os músicos rindo e conversando entre si. Em seguida, sai o Alan idiota segurando a mão da minha mulh..irm.. Merda. A mão da Julie.
   Levanto da cadeira e vou em direção aos dois como se estivesse possuído. Quando Julie se dá conta da minha presença, ela abre ainda mais aqueles olhos castanhos, assustada, e tudo que penso em fazer é tirá-la de perto desse imbecil.
   - JULIETTE, MEU ESCRITÓRIO, AGORA!!! - eu grito, nem espero uma resposta. Pego seu braço e a levo comigo.
   Empurro-a para dentro da sala e bato a porta com força. Eu estou tão puto,e ao mesmo tempo, desesperado.
  - Que merda, Julie. EU já não falei que não te autorizava a cantar aqui?
  - Danny, deixa eu explicar...
    Não sei o que essa mulher faz comigo. Não posso ouvir a voz dela , que me sinto possuído. Quando ela tenta se explicar, não vejo mais nada na minha frente. Sinto-me tomado por um desejo enlouquecedor. Algo que nunca senti por ninguém. Não consigo mais raciocinar. Simplesmente atravesso a sala e a empurro contra a porta. O perfume dela toma conta dos meus sentidos. E tudo o que eu quero é provar sua boca e fazê-la gemer no meu ouvido. E é exatamente o que ela faz.
  - Dan..
  Beijo-a com força. Ela passa os braços ao redor do meu pescoço, me puxando para mais perto. Minhas mãos parecem ter vontade própria e correm pelo corpo dela enquanto nos beijamos de forma selvagem."


Isa Diz



Não sei por onde começar, então começo te garantindo que a obra é muito engraçada, principalmente por causa de George, que é a melhor pessoa desse livro, dessa série, da vida. A narrativa intercala entre Daniel e Julie, e algumas vezes encontramos outros personagens também, o que nos permite compreender melhor a situação e os sentimentos de cada um deles. Daniel e Julie são um casal fofo, que vive uma vida como amigos apesar de desejarem ser bem mais que isso. Até que um toma a iniciativa e os dois finalmente ficam juntos. Julie foi a que tomou  posição e a admirei por isso, eu JAMAIS conseguiria fazer o que ela fez, a timidez me vence sempre. Daniel me surpreendeu quando teve a percepção de que tudo que ele sempre desejou ser estava dentro de si, e que "quem não arrisca não petisca."

A autora me decepcionou um pouquinho porque eu esperava mais. Uma história com mais acontecimentos marcantes, com diálogos mais desenvolvidos, com um enredo mais cativante. É um livro gostoso de ler, mas senti a todo momento que a história tinha um potencial muito grande que não foi explorado. Apesar disso e das cenas mais íntimas do casal serem um tanto quanto picantes demais (lado erótico mais desenvolvido) eu não desisti da série. Mantenho a esperança de que a autora pode me surpreender nos próximos livros.

Quanto a editora só tenho que dar os parabéns, a capa é linda e não encontrei nenhum erro de revisão. Tudo o que peço é que deem uma chance ao livro, pelo menos do George vocês irão gostar! Tem também uns caras ma-ra-vi-lho-sos que a autora nos apresenta e como eu você vai perguntar: aonde se inscreve para conhecer homens assim?

2 comentários:

  1. Olá!
    Apesar de ser um livro cheio de clichês eu amei. Eu lembro que eu devorei esse livro, é uma leitura fluida e bem gostosa. Concordo com você, que poderia ter tido diálogos melhores e a história ser bem mais desenvolvida. Mas eu adorei a leitura e estou louca pelos próximos livros.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei explicar, sabe. Ao mesmo tempo que eu amei fiquei decepcionada. Odeio ficar dividida hahaha você vai gostar muito dos outros, melhora bastante!! Beijos :))

      Excluir

ATENÇÃO

O blog Paixonites Literárias não incentiva o download ilegal de livros. Por favor, peço para que não utilizem esse espaço de comentários para solicitar ou fornecer livros e/ou sites para download. Comentários dessa espécie serão excluídos.