Resenhas

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

[RESENHA] "IRRESISTÍVEL", DE SUSAN MALLERY

Nome: Irresistível
Autora: Susan Mallery
Série: The Million Dollar Catch #01
Editora: Harlequin
Onde Comprar:Buscapé
O bem-sucedido executivo Ryan Bennett concordou em fingir ser seu primo rico para comparecer a um encontro às cegas. Desde o instante em que viu Julie Nelson até o momento que devia ter se despedido, ficou cativado a ponto de não resistir e aceitar o convite para passar a noite na cama dela.

Após fazerem amor, Ryan confessa sua verdadeira identidade, alegando que a paixão despertada era verdadeira, apesar do disfarce. Mas Julie não aceita suas explicações. Ele havia se tornado um inimigo. E agora ela está grávida dele…

Resenhas | Série “The Million Dollar Catch”


  


Julie Nelson poderia se ver como uma pessoa de sorte, mas quando se tratava de pedra, papel e tesoura com suas irmãs, ela sempre era a azarada. E se você acha falta de maturidade uma advogada internacional especializada em relações contratuais com a China e fluente em mandarim resolver seus problemas com suas irmãs com uma brincadeira de criança, é porque não sabe a pior parte ainda. Julie era a mais velha das irmãs Nelson, que contava com Willow e Marina, respectivamente a do meio e a mais nova. A mãe das meninas, Naomi praticamente as criara sozinha, visto que o pai delas saia para viajar e só retornava uma ou duas vezes ao ano, nunca dizendo aonde iria ou quando voltaria. Com isso, as meninas crescem não gostando do pai ou do sofrimento que ele causa a mãe, e Julie era a que mais se ressentia.

Naomi é a única filha de Ruth, que fugiu de casa ainda nova para se casar com o filho de seu padastro. Como Ruth e Fraser não aprovavam o romance entre os dois, expulsaram eles de casa. Naomi se casou com Jack e teve as três filhas, e muito tempo se passou sem que ela visse novamente a mãe. Até que Ruth reaparece na vida delas e conhece as netas que nem sabia que existia. Sendo muito controladora, Ruth decide de uma forma nada convencional cuidar de sua família. Em um encontro com as netas, ela sugere que uma delas saia com seu sobrinho, Todd Aston III. E para impulsionar essa decisão, ela oferece a irrisória quantia de 1 milhão de dólares para quem casasse com ele. 

Como as três queriam se dar bem com a avó, decidem ir ao encontro para agradá-la, e voltamos ao ponto do "pedra, papel e tesoura". Julie perdeu e vai se encontrar com o misterioso Todd, a quem todas imaginavam ser um ser desprezível, visto que sua tia tinha que pagar alguém para casar com ele. Porém, o que Julie não sabe é que ela vai se encontrar com o primo de Todd, Ryan. Os dois acharam repulsiva a ideia de uma mulher aceitar dinheiro para casar com alguém e cansados de só encontrarem mulheres interesseiras, decidem dar uma lição na escolhida para o encontro. 

Só que Ryan não contava com a personalidade encantadora de Julie, e com a forte atração entre os dois. Eles ficam juntos e tudo que Ryan consegue sentir é o arrependimento pela mentira. Quando ele conta a verdade, Julie fica revoltada e jura nunca mais querer vê-lo. Até que uma surpresinha do destino muda tudo, e obriga os dois a abrirem mão dos receios que o passado trouxe e começarem uma nova história.
"Pouco depois das 2h, ele contemplou a luz do luar no rosto de Julie e percebeu que fizera tudo errado desde o início.
Não deveria ter sido assim. Não pretendia gostar dela. Não desde que soubera que Julie Nelson era uma ordinária interesseira que precisava de uma boa lição,e ele, o homem que se oferecera para ensiná-la. Na verdade, estava esperando uma aproveitadora insípida e superproduzida.
Em vez disso, encontrara uma mulher bela, divertida, inteligente e sincera que o fazia rir e acreditar nas possibilidades de novo.
Naquele momento, deveria estar se sentindo como se tivesse feito um favor ao mundo. Em vez disso, se sentia um completo idiota. Acabara de criar uma grande confusão e não fazia ideia de como consertá-la. Acabara gostando de Julie. Gostando bastante.
Como iria explicar que não era Todd Aston III e que ela fora enganada?"
Eu vou começar de uma forma diferente hoje. A editora arrasou na revisão, mas a capa deixou a desejar (bastante). Então, se você também não gostou da capa, dê uma chance. Não conheço muitas pessoas que leem livros da Harlequin, mas eu particularmente gosto muito, pois são livros pequenos mas com boas histórias, apesar de praticamente todas as capas serem um pouco aleatórias. A autora já tinha me conquistado com a série das irmãs Keyes, e se você ainda não leu essa série veja a resenha aqui.

Julie e Ryan são um casal diferente, estilo sal e pimenta, mas que dão muito certo juntos. E tirando toda a confusão em que se meteram, possuem tudo para darem certo como casal. Mas ambos teriam que ceder para alcançar o bem maior, e ceder nunca é fácil. É doloroso e cansativo, mas vale a pena. Além de serem muito engraçados, os dois nos mostram que nem sempre o convencional é o melhor. Ás vezes esperamos paz e tranquilidade e a vida vem e joga só confusão em cima de confusão e nos vemos perdidos. Mas se olharmos direito, encontraremos aquela chance minúscula de felicidade, que nos incentiva a fazê-la crescer e quando vemos, estamos completamente realizados e cheios de amor.

Essa série trata muito disso, e preciso te implorar para ler os outros dois. O próximo é o meu favorito, pois é o da Willow e me identifico com ela em seus sofrimentos de filha do meio. Este foi um dos primeiros livros que li em formato ePub, pois faço parte do grupo de pessoas estranhas que gostam de livro físico, mas foi a melhor compra que fiz e desejo muito que vocês leem. Espero que gostem!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário